Voltar à rotina nem sempre é fácil. Muitas vezes quando estamos de férias os hábitos saudáveis que levamos no quotidiano ficam esquecidos. Por outro lado, pode acontecer também voltarmos de férias pessoas com uma ânsia de mudar, de deixar velhos costumes para trás, de melhorar. Se quer transformar um ou vários aspectos da sua vida recomendamos que se concentre na criação de um hábito de cada vez. Ser focado e concentrar-se no que é realmente importante para si, é fulcral para alcançar qualquer objectivo. As rotinas demoram cerca de dois meses até ficarem enraizadas, portanto, só precisa de ser uma pessoa disciplinada nesse período. A partir daí, nem lhe vai custar. Assim, com o desejo que amanhã seja um bocadinho mais feliz do que ontem, o Mercadão pretende transmitir-lhe 6 hábitos que, segundo a ciência, irão melhorar a sua vida.

Descansar é muito importante!

Estudos indicam que dormir mais do que 9 horas e menos do que 7 horas pode prejudicar a sua saúde e até mesmo diminuir a esperança média de vida. Para além disso, não clique no botão para adiar o seu despertador porque influenciará o quão cansado se vai sentir durante o dia. Conselho nº 1: Dormir entre 7 a 9 horas por dia.

Não beba café mal acorde.

Quando acordamos os nossos corpos começam a bombardear a hormona cortisol, que é um tipo de cafeína natural. Por esta razão, o café consumido quando se acorda pode fazer desaparecer o efeito natural desta hormona. Conselho nº 2: Beber café só 1 hora após acordar.

Seja activo!

Pequenas quantidades de exercício físico diariamente podem aumentar a esperança média de vida em cerca de 4,5 anos. A inactividade deve ser evitada. Isto poderá ser uma tarefa difícil para pessoas que têm trabalhos mais sedentários. Se fizer parte deste grupo de pessoas tente levantar-se de hora em hora, para ir à casa de banho ou beber um copo de água, de forma a ter oportunidade de estender as suas pernas. Conselho nº 3: Praticar exercício físico.

Mantenha-se hidratado!

Estar desidratado pode levar a dores de cabeça, fadiga e a comer em excesso. De notar que nem toda a gente necessita da mesma quantidade de água. A quantidade de água necessária para cada um depende de vários factores exemplos são as condições meteorológicas e a quantidade de desporto praticada. Também há alguns alimentos que são constituídos maioritariamente por água como a couve flor, beringela, pimentos, espinafre, cenouras e feijão verde e que, por isso mesmo, quando são ingeridos fazem com que a necessidade de água seja menor. Conselho nº 4: Beber muita água.

Faça marmitas e snacks.

Deve-se evitar comprar comida fora ou comer em restaurantes. A solução passa por preparar marmitas em casa para o almoço e andar sempre prevenida com snacks. Para além de ser uma solução em que poupa dinheiro, é mais saudável para si: tem conhecimento de todos os ingredientes que ingere, tem um maior controlo sobre as porções e não cai na tentação de comprar comida menos saudável quando está com mais fome. Conselho nº 5: Preparar refeições em casa.

Antes de dormir, largue a tecnologia!

A luz do ecrã reduz a produção de melatonina, uma hormona muito importante para o nosso corpo saber que queremos dormir. Desta forma, sugerimos que leia um livro antes de dormir. Conselho nº 6: Evitar tempo em frente ao ecrã antes de dormir.

(Visited 176 times, 1 visits today)