São Martinho – boas castanhas e bom vinho

11 Novembro, 2022

O dia de São Martinho é celebrado em vários países (principalmente, europeus) no dia 11 de Novembro, visto que é nesta altura que se dá a maturação do vinho do ano e tradicionalmente se prova o vinho das mais recentes colheitas. Conheça a lenda e tradições do dia de São Martinho.

 

Comem-se castanhas, prova-se o vinho

Apesar disto, a tradição evoluiu para mais do que uma simples degustação de vinho e passou a ser comum celebrar o dia com um magusto. Ora neste magusto, família e amigos reúnem-se em volta da fogueira para assar as castanhas (o fruto típico da época) e beber o tal vinho. Além disso, também é comum que se beba jeropiga ou água-pé (uma bebida tipicamente portuguesa, que consiste em juntar água ao bagaço da uva).

Assim, por todo o país, há diversas formas de festejar este dia. As típicas brincadeiras são sujar a cara dos amigos com as cinzas ou, para os mais corajosos, saltar a fogueira. Para além disto, é também comum entoar vários cânticos associados a esta época, referentes à lenda.

 

Leia também:
Castanhas: o fruto do outono

 

Lenda de São Martinho

Desde pequenos que ouvimos falar na lenda de São Martinho. De facto, esta lenda tão presente na nossa cultura é contada desde o século IV, e sendo uma história baseada em generosidade e altruísmo, nunca cansa relembrar.

 

Como começou

Primeiramente, o dia de São Martinho foi instituído em honra de Martinho de Tours (mais tarde conhecido como São Martinho). Este era um soldado que no caminho de regresso a casa, num dia particularmente tempestuoso, foi abordado por um mendigo que lhe pediu uma esmola. Por nada ter em sua posse, o cavaleiro cortou a sua capa ao meio e deu uma das partes ao pedinte. Nesse momento, o tempo frio que se fazia sentir transformou-se num calor radioso e a chuva que caía deu lugar ao sol. Desde então, esta data passou a ser associada ao “Verão de São Martinho”.

 

Os dizeres

Lá estava um pobre mendigo
Num dia tempestuoso
S. Martinho deu-lhe abrigo
E apareceu um sol maravilhoso.

 

Há quem acrescente que na noite seguinte, São Martinho sonhou com Cristo que vestia a parte da capa que tinha sido dada ao mendigo. E que depois anunciou aos anjos que o soldado romano o tinha ajudado na noite anterior.

Em suma, o São Martinho é, por tudo isto, uma ocasião que não podemos deixar de celebrar, mantendo as tradições, sempre rodeados de boa comida e companhia, recordando e transmitindo os ensinamentos desta lenda!

(Visited 181 times, 1 visits today)
Close
Copyright © 2024 Mercadão
Made with All rights reserved.
Close