O que fazer para ocupar os “bichinhos carpinteiros” dos mais pequenos. Aqui, evidenciamos algumas sugestões de atividades extracurriculares e a importância destas na infância.

1. Libertar energia e fazer amigos? Desporto.

O que fazer depois da escola - A importância das atividades extracurriculares para os mais pequenos.

Praticar um desporto é importante para que os mais pequenos aprendam a trabalhar em equipa, mesmo nos desportos individuais, existirá sempre convívio e entreajuda. Estas são talvez as atividades extracurriculares mais populares. Para além de ajudar na saúde dos miúdos, a competição saudável permitirá também a aquisição do espírito competitivo e a “saber perder”.

 

2. Olá pais. Hello parents. Hola padres. – Aprender uma língua

O que fazer depois da escola - A importância das atividades extracurriculares para os mais pequenos.

Está provado que as crianças aprendem línguas com mais facilidade quanto mais jovens forem. A melhor idade para aprender línguas é mesmo até aos 3 anos! Assim, porque não desenvolver o intelecto do seu filho, e prepará-lo, também, para um mundo cada vez mais global. Há inúmeros centros de estudo que oferecem atividades extracurriculares ligadas às linguas.

 

3. Música para os ouvidos deles, Dança para o corpo

O que fazer depois da escola - A importância das atividades extracurriculares para os mais pequenos.

Quando está a aprender música e/ou dança, a criança entra num mundo novo. Ao libertar-se durante alguns momentos do seu universo, aprende, também, a exprimir os seus sentimentos e a desenvolver a sua criatividade. Tanto a música como a dança exigem bastante disciplina e trabalho, dons importantes que o seu filho pode aprender com estas atividades.

 

4. Tintas, cores, desenhos… Arte

O que fazer depois da escola - A importância das atividades extracurriculares para os mais pequenos.

As artes plásticas são divertidas, é inquestionável. Permitir às crianças que pintem, desenhem, façam esculturas de barro e plasticina, pode ser uma maneira de estimular a sua criatividade. Tal, também pode incentivá-los a exprimirem aquilo que sentem. Pode até ser uma maneira de ficar a conhecer melhor o seu filho e os amigos, ou até mesmo de que brincadeiras gosta.

(Visited 239 times, 1 visits today)